Sexta-feira, 10 de Setembro de 2021
Câmara aprova por unanimidade Projeto de Lei de Adriana Nabhan em prol de Crianças e Adolescentes
Fonte: ASSESSORIA CMC
Hugo Crippa

A vereadora Adriana Nabhan comemora mais uma conquista: A aprovação do projeto de lei, de sua autoria, que Institui a Semana de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Uma conquista que não é só dela, mas também de todas as crianças e adolescentes que sofrem algum tipo de abuso ou exploração. 

“Estou muito feliz de poder contribuir de alguma forma aqui dentro da Casa de Leis. A violência sexual contra crianças e adolescentes é uma das formas mais perversas de violência, pois se caracteriza pelo uso da sexualidade desta população de maneira a violar os seus direitos sexuais e sua intimidade. Precisamos estar atentos à realidade a nossa volta, muitas vezes, bem perto de nós, que precisa da nossa ação para ser combatida”, disse.

O projeto propõe a integração no calendário oficial de eventos do município, a Semana Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e a promoção pelo poder público, de uma semana de atividades de cunho educacional e cultural, além da capacitação para os profissionais da rede de proteção e para os pais e responsáveis/cuidadores dessas crianças e adolescentes. Vídeo-aulas educativas também deverão ser inseridas no cronograma escolar remoto.

“É um projeto que vem de encontro com a Campanha Maio Laranja, e é muito importante para que a sociedade possa colocar no centro dos debates a necessidade de prevenção e combate ao abuso e a exploração sexual , já que as consequências para a vida das vítimas são muito sérias e podem se tornar irreversíveis”, explicou. 

Nabhan ressaltou ainda que a violência contra crianças está sempre dentro de uma cortina de medo. “Por isso, acredito que a campanha ajuda a dar uma atenção à criança para evitar esse tipo de situação”, disse, lamentando a exploração sexual das crianças.

MAIO LARANJA

O texto especifica que o Maio Laranja deve levar em conta o conjunto de ações desenvolvidas no âmbito da Campanha Nacional do 18 de Maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Essa campanha foi criada pela Lei 9.970/00 em memória à menina Araceli Crespo, assassinada aos oito anos de idade em 18 de maio de 1973. Seu corpo foi encontrado somente seis dias depois, desfigurado por ácido e com marcas de violência e abuso sexual. Os principais suspeitos, Paulo Constanteen Helal e Dante Michelini, pertencentes a famílias influentes do Espírito Santo, foram condenados pelo crime em 1980. No entanto, em novo julgamento, em 1991, os reús foram absolvidos após longo reexame do processo.

Endereço
Rua João Pessoa, 130 - Centro
Coxim / MS
  Facebook
  Instagram
Contato
  • (67) 3291-1539
  • Acesso Restrito