Quinta-feira, 25 de Março de 2021
Câmara exigiu esclarecimentos sobre denúncias de fura-fila na vacinação de COVID-19 em Coxim
Fonte: Assessoria CMX | Jade Amorim
Foto: Assessoria

A Câmara Municipal de Coxim, por meio da mesa diretora e demais vereadores, convocou o Coordenador de Vigilância Epidemiológica e Imunização do município, Willian Pompilio Tavares Borges para prestar esclarecimentos sobre acusações de fura-fila durante o processo de vacinação da COVID-19.

O responsável pelo setor apresentou, durante reunião na Casa de Leis, documentos que provam que todas as pessoas imunizadas entregaram a documentação requerida para comprovação de vínculo e atuação nos setores autorizados pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19 na atual fase de imunização da cidade.

Para averiguação dos documentos o poder executivo comunicou o Ministério Público Estadual que irá aferir se existe alguma ilegalidade e as pessoas que foram denunciadas se apresentaram de forma voluntária. As pessoas que apresentarem documentos falsos para furar fila e burlar a ordem de prioridade de vacinação estão sujeitas a sanções cíveis e criminais.

Criminalmente o indivíduo poderá ser processado pelo crime de falsidade ideológica enquanto no processo cível há a previsão de multa administrativa, estipulado pela Lei Estadual 5.636, cujo valores podem variar de R$45.000,00 à mais de R$ 90 mil.

Os valores das multas irão para o Fundo Estadual de Saúde.

Endereço
Rua João Pessoa, 130 - Centro
Coxim / MS
  Facebook
  Instagram
Contato
  • (67) 3291-1539
  • Acesso Restrito