Quinta-feira, 23 de Abril de 2020
Vereadores pedem mais transparência nos contratos emergenciais do município ligados ao Coronavírus
Fonte: Assessoria CMC
Foto: Assessoria

Os vereadores Abilio Vaneli e Odes da Silva apresentaram hoje (23), durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Coxim, o projeto de Lei Ordinária n° 001/2020, que dispõe sobre a transparência nos contratos emergenciais firmados pelo Município de Coxim (MS), em virtude da situação de calamidade decorrente da pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19) e dá outras providências.

O texto propõe que todas as aquisições e contratos firmados pela Administração Pública Municipal - em caráter emergencial, para conter o avanço do Coronavírus -, inclusive suas fundações e autarquias, deverão ser publicados com destaque, no sítio eletrônico da transparência, em link destinado exclusivamente para informações sobre o COVID-19.

Assim que disponíveis, os contratos assinados e a prestação de contas correspondente, com as notas fiscais devidamente digitalizadas, deverão ser anexadas à publicação. No texto, os vereadores lembram que, “com a promulgação do decreto Legislativo nº. 199/2020 foi reconhecida situação de calamidade pública em razão da pandemia de caráter mundial do Coronavírus até 31 de dezembro de 2020”.

Embora o referido decreto legislativo tenha criado uma comissão especial para acompanhar a execução fiscal e orçamentaria da crise, o acesso a estas informações deve ser facilitado aos parlamentares, fiscais natos das atividades do Poder Executivo, e a qualquer cidadão que queira ter acesso a tais informações em tempo real.

Frisam também que “como se sabe, por determinação Constitucional todos os atos da administração pública são regidos pelos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e da eficiência (art.37, caput, CF), de sorte que a publicidade de seus atos deve ser a mais ampla possível.

Endereço
Rua João Pessoa, 130 - Centro
Coxim / MS

Contato
  • (67) 3291-1539
  • Acesso Restrito